sábado, 9 de maio de 2009

CONHEÇA OS POLÍTICOS CORRUPTOS DO BRASIL

AQUI ESTÃO OS MAIORES CORRUPTOS DO PAÍS. VEJA SE VOCÊ DEU O SEU VOTO A ALGUM DELES. ESPERO QUE LEIA COM ATENÇÃO ESTA LISTA E, SE VOCÊ FOR UMA PESSOA DE CARÁTER, PENSE DUAS VEZES ANTES DE ESCOLHER OS SEUS REPRESENTANTES NA POLÍTICA NACIONAL.

Os processados por Estado
Veja a lista dos processos contra parlamentares, por Estado

Acre
1) Flaviano Melo (PMDB-AC)
Ação Penal 435 - Crime contra a administração pública. Peculato.

2) Sérgio Petecão (PMN-AC) - pré-candidato à prefeitura de Rio Branco.
Inquérito 2486 - Crimes contra a ordem tributária.

Alagoas

1) Augusto Farias (PTB-AL)
Inquérito 2669 – Crimes contra a liberdade pessoal e redução a condição análoga à de escravo. E crime contra o patrimônio por apropriação indébita previdenciária.

2) Carlos Alberto Canuto (PMDB-AL)
Inquérito 2668 – Crime contra a Lei de Licitações

3) Francisco Tenório (PMN-AL)
Inquérito 2622 - Captação ilícita de votos ou corrupção eleitoral.

4) Olavo Calheiros (PMDB-AL)
Inquérito 2426 – Crime ambiental. Desmatamento.
Inquérito 2705 – Crime de imprensa.
Inquérito 2695 – Natureza não informada.

5) Fernando Collor (PTB-AL)
Ação Penal 465 – Crime contra a administração pública, corrupção passiva e peculato.
Ação Penal 451 – Crime contra a ordem tributária, imposto de renda, falta de recolhimento.

6) Renan Calheiros (PMDB-AL)
Inquérito 2593 - Natureza não informada.

Amapá

1) Dalva Figueiredo (PT-AP) - pré-candidata à prefeitura de Macapá.
Inquérito 2615 – Crimes contra a fé pública, falsidade ideológica e crimes praticados por funcionários públicos contra a administração em geral. Prevaricação. No dia 27 de outubro, a Procuradoria-Geral da República (PGR) encaminhou parecer pela reautuação do inquérito em ação penal.

2) Jurandil Juarez (PMDB-AP)
Inquérito 2709 – Crime contra a Lei de Licitações.

3) Sebastião Bala Rocha (PDT-AP)
Inquérito 2709 – Crime contra a Lei de Licitações.

Amazonas

1) Carlos Souza (PP-AM)
Inquérito 2265 – Natureza não informada. O processo tramita em segredo de Justiça. Com parecer da PGR pela reautuação do inquérito como ação penal desde 6 de junho de 2007.

2) Rebecca Garcia (PP-AM) – pré-candidata à prefeitura de Manaus
Inquérito 2691 – Crimes contra a fé pública. Falsidade ideológica.

3) Silas Câmara (PSC-AM)
Inquérito 1695 – Natureza não informada.
Inquérito 2005 - Crime contra a administração pública.
Inquérito 2626 - Crimes contra a família. Crime contra o estado de filiação.

Bahia

1) Fernando de Fabinho (DEM-BA)
Inquérito 2656 – Crime eleitoral.
Inquérito 2684 – Crime de responsabilidade.

2) Geraldo Simões (PT-BA) – licenciado
Ação Penal 471 – Captação ilícita de votos ou corrupção eleitoral.
Inquérito 2707 – Emprego irregular de verbas ou rendas públicas e crimes de responsabilidade.
Inquérito 2644 – Captação ilícita de votos ou corrupção eleitoral.

3) Joseph Bandeira (PT-BA) – pré-candidato à prefeitura de Juazeiro
Ação Penal 486 – Peculato e crime de responsabilidade.

4) Paulo Magalhães (DEM-BA)
Inquérito 2311 - Lesão corporal.

5) Tonha Magalhães (PR-BA) – pré-candidata à prefeitura de Candeias
Inquérito 2577 – Crime de responsabilidade.
Inquérito 2677 – Crime de responsabilidade e crimes contra a Lei de Licitações.

6) Uldurico Pinto (PMN-BA)
Inquérito 2706 – Quadrilha ou bando e crimes contra a administração pública.

Ceará

1) José Linhares (PP-CE)
Inquérito 2720 – Natureza não informada

2) Léo Alcântara (PR-CE)
Inquérito 2689 – Crimes contra o sistema financeiro nacional.

3) Manoel Salviano (PSDB-CE) – pré-candidato à prefeitura de Juazeiro do Norte.
Inquérito 2477 – Crime de responsabilidade.

4) Zé Gerardo (PMDB-CE)
Ação Penal 403 – Crime de responsabilidade.
Ação Penal 409 – Crime de responsabilidade.
Ação Penal 434 – Crime de responsabilidade.
Inquérito 2307 – Crime de responsabilidade.
Inquérito 2336 – Crime contra a administração pública.

5) Aníbal Gomes (PMDB-CE)
Ação Penal 347 – Crime contra a administração pública. Desvio de verbas.
Inquérito 1396 – Natureza não informada.

Distrito Federal

1) Jofran Frejat (PR-DF)
Inquérito 2548 – Crime contra a administração pública.
Inquérito 2583 – Crimes contra a Lei de Licitações.

2) Laerte Bessa (PMDB-DF)
Inquérito 2661 – Quadrilha ou bando. Peculato. Lavagem de dinheiro e crime eleitoral.

3) Gim Argello (PTB-DF)
Inquérito 2724 – Crime contra o patrimônio e apropriação indébita. Peculato, corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Espírito Santo

1) Luiz Paulo Vellozo Lucas (PSDB-ES)
Ação Penal 454 – Crime contra o patrimônio.

Goiás

1) Roberto Balestra (PP-GO) – licenciado.
Inquérito 2199 – Crime contra o patrimônio.
Inquérito 2484 – Crime eleitoral.

2) Sandro Mabel (PR-GO)
Ação Penal 352 – Crime contra a ordem tributária.
Ação Penal 410 – Crimes contra a ordem tributária.
Inquérito 2291 – Crime contra a ordem tributária.

3) Tatico (PTB-GO)
Inquérito 2049 – Crime contra o patrimônio. Apropriação indébita previdenciária.
Inquérito 2012 – Crime contra a ordem tributária.
Inquérito 2030 – Crime contra a ordem tributária.
Inquérito 2114 – Crime contra a ordem tributária.
Inquérito 2700 – Crimes contra a fé pública e uso de documento falso.

4) Lúcia Vânia (PSDB-GO)
Inquérito 2099 – Crime contra a administração pública, peculato.

5) Marconi Perillo (PSDB-GO)
Inquérito 2504 – Crimes contra a administração pública e licitação pública.
Inquérito 2481 – Crime contra a administração pública, corrupção ativa e passiva.
Inquérito 2714 - Crimes contra a administração pública. Corrupção passiva.

Mato Grosso

1) Carlos Bezerra (PMDB-MT)
Inquérito 2500 – Crime contra a administração pública.

2) Eliene Lima (PP-MT)
Inquérito 2599 – Crime eleitoral. Parecer da Procuradoria-Geral da República, no dia 26 de novembro de 2007, pela condenação do deputado e pela autuação do processo em ação penal.
Inquérito 2667 – Crime eleitoral. Uso de documento falso.
Inquérito 2678 – Crime eleitoral. Captação ilícita de votos ou corrupção eleitoral.

3) Pedro Henry (PP-MT)
Ação Penal 470 – Convertido em réu pelo STF na denúncia contra os 40 acusados no caso mensalão, Pedro Henry responde a processo por formação de quadrilha, corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

4) Jayme Campos (DEM-MT)
Ação Penal 460 – Crimes contra a fé pública. Uso de documento falso.
Inquérito 2606 – Crimes contra a administração pública praticados por funcionários públicos. Peculato.

Mato Grosso do Sul

1) Vander Loubet (PT-MS)
Inquérito 2608 – Corrupção passiva e ativa.

Maranhão

1) Cléber Verde (PRB-MA) – pré-candidato à prefeitura de São Luís
Inquérito 2572 – Crime contra a administração pública.

2) Clovis Fecury (DEM-MA) – pré-candidato à prefeitura de São Luís. Deputado licenciado.
Inquérito 2058 – Crime contra a ordem tributária.
Inquérito 2447 – Crime ambiental.

3) Roberto Rocha (PSDB-MA)
Inquérito 2693 – Uso de documento falso, crimes contra a ordem tributária e no imposto de renda.

Minas Gerais

1) Ademir Camilo (PDT-MG)
Ação Penal 404 - Crime contra a fé pública. Falsificação de documento público. Relatado pelo ministro Gilmar Mendes.

2) Aelton Freitas (PR- MG)
Ação Penal 341 - Crime de responsabilidade. Tramita em segredo de Justiça e é relatado pelo ministro Marco Aurélio.

3) Bonifácio de Andrada (PSDB-MG)
Inquérito 2463 - Crime eleitoral.

4) Jairo Ataíde (DEM-MG)
Ação Penal 432 - Crime de responsabilidade.
Ação Penal 450 - Crime de responsabilidade.
Ação Penal 467 - Crimes de responsabilidade e crime contra da lei de licitações.

5) João Bittar (DEM-MG)
Inquérito 2619 - Difamação e injúria.

6) João Magalhães (PMDB-MG)
Inquérito 2427 - Crime contra a administração pública.

7) Juvenil Alves (PRTB-MG)
Inquérito 2636 - Falso testemunho ou falsa perícia. Coação no curso do processo.
Inquérito 2635 - Estelionato, fraudes, quadrilha ou bando, falsidade ideológica e crime de "lavagem" de dinheiro.

8) Márcio Reinaldo Moreira (PP-MG)
Inquérito 1883 - Crime ambiental.

9) Mário de Oliveira (PSC-MG)
Inquérito 2567 – Natureza não informada.
Inquérito 2139 - Crime contra a pessoa e contra a honra, calúnia, injúria e difamação.

10) Saraiva Felipe (PMDB-MG)
Inquérito 2559 – Natureza não informada.

11) Vitor Penido (DEM-MG)
Inquérito 2483 - Crime contra a administração pública.
Inquérito 2482 - Crime contra a administração pública.

12) Eduardo Azeredo (PSDB-MG)
Inquérito 2280 - Natureza não informada. O senador é citado no caso do valerioduto mineiro/tucano.

13) Wellington Salgado de Oliveira (PMDB-MG)
Inquérito 2634 - Apropriação indébita previdenciária, crimes contra a ordem tributária
e crime tributário sobre o imposto de renda de pessoa física.
Inquérito 2628 - Apropriação indébita previdenciária, crimes contra a ordem tributária
e crime tributário sobre o imposto de renda de pessoa física.

Pará

1) Asdrúbal Bentes (PMDB-PA) – pré-candidato à prefeitura de Marabá (PA)
Foi prefeito de Salinópolis (PA) entre 1983 e 1985.
Ação Penal 481 – Captação ilícita de votos ou corrupção eleitoral. Estelionato e formação de quadrilha ou bando.

2) Giovanni Queiroz (PDT-PA)
Ação Penal 476 – Crime contra o direito tributário.

3) Jader Barbalho (PMDB-PA)
Ação Penal 339 – Crime contra o sistema financeiro nacional. Evasão de divisas.
Ação Penal 397 – Crime contra a fé pública, falsidade ideológica, corrupção, formação de quadrilha, estelionato e lavagem de dinheiro.
Ação Penal 398 – Crime contra a administração pública. Peculato.
Ação Penal 374 – Crime contra a administração pública.
Inquérito 2051 – Crime contra a administração pública.
Inquérito 2052 – Crime contra a administração pública. Peculato.

4) Lira Maia (DEM-PA)
Ação Penal 484 – Crimes de responsabilidade.
Inquérito 2578 – Crime contra a administração pública.
Inquérito 2630 – Crimes de responsabilidade.
Inquérito 2632 – Crimes de responsabilidade.
Inquérito 2685 – Crimes de responsabilidade.

5) Paulo Rocha (PT-PA)
Ação Penal 470 – Convertido em réu pelo STF na denúncia contra os 40 acusados no caso mensalão, Paulo Rocha responde a processo por lavagem de dinheiro.

6) Wladimir Costa (PMDB-PA) – pré-candidato à prefeitura de Barcarena (PA)
Ação Penal 415 – Crime de imprensa, injúria e difamação.
Ação Penal 474 – Crime de imprensa, calúnia, injúria e difamação.
Açao Penal 386 – Crime de imprensa, calúnia, injúria e difamação.

7) Flexa Ribeiro (PSDB-PA)
Inquérito 2266 – Natureza não informada.

8) Mário Couto (PSDB-PA)
Ação Penal 440 – Crime eleitoral.
Inquérito 2539 – Crime eleitoral.

Paraíba

1) Armando Abílio (PTB-PB)
Inquérito 2119 – Crime contra a fé pública. Falsidade ideológica.
Inquérito 2609 – Advocacia administrativa e coação no curso do processo.
Inquérito 2711 – Apropriação indébita previdenciária.
Inquérito 2692 – Improbidade administrativa.
Inquérito 2119 – Falsidade ideológica.

2) Rômulo Gouveia (PSDB-PB) - pré-candidato à prefeitura de Campina Grande. Licenciado
Inquérito 2574 – Crime eleitoral.

3) Wellington Roberto (PR-PB)
Inquérito 2450 – Crime contra o patrimônio.
Inquérito 2612 – Falsidade ideológica e crimes contra o sistema financeiro nacional.

4) Cícero Lucena (PSDB-PB) – licenciado
Inquérito 2527 – Crime contra a administração pública, desvio de verbas, organização criminosa.
Inquérito 2535 – Crime contra a administração pública, licitação pública, irregularidade.

Paraná

1) Abelardo Lupion (DEM-PR)
Ação Penal 425 - Crime eleitoral.

2) Alceni Guerra (DEM-PR) - licenciado
Ação Penal 433 - Crime contra a administração pública.
Ação Penal 436 - Crime contra a fé publica. Falsificação de documento público.
Inquérito 2546 - Crime de responsabilidade.

3) Alfredo Kaefer (PSDB-PR)
Inquérito 2589 - Crime contra o sistema financeiro. Gestão fraudulenta de instituição financeira. Quadrilha ou bando.
Inquérito 2642 - Crime eleitoral.

4) Barbosa Neto (PDT-PR) - pré-candidato à prefeitura de Londrina.
Inquérito 2652 - Crime praticados por funcionários públicos contra a administração em geral - peculato.

5) Dilceu Sperafico (PP-PR)
Ação Penal 464 - Crime contra o patrimônio.
Inquérito 1705 - Crime contra o patrimônio.

6) Eduardo Sciarra (DEM-PR)
Inquérito 2610 - Crime eleitoral. Captação ilícita de votos ou corrupção eleitoral.

7) Giacobo (PR-PR)
Ação Penal 345 - Crime contra a ordem tributária.
Ação Penal 360 - Crime contra a pessoa. Seqüestro e cárcere privado.
Ação Penal 395 - Crime contra a honra, calúnia, injúria e difamação.
Ação Penal 433 - Crime contra a administração pública.
Ação Penal 480 - Crimes contra o patrimônio.
Inquérito 2712 - Crimes contra a ordem tributária.

8) Nelson Meurer (PP-PR)
Inquérito 2506 - Natureza não informada.

9) Odílio Balbinotti (PMDB-PR)
Inquérito 2423 - Natureza não informada.

10) Takayama (PSC-PR)
Inquérito 2652 - Peculato, crime contra ordem tributária e estelionato.

11) Cassio Taniguchi (DEM-PR) - licenciado
Ação Penal 426 – Crime de responsabilidade.
Ação Penal 430 – Crime de responsabilidade e crime contra a Lei de Licitações.
Ação Penal 445 – Crime contra a administração pública. Irregularidade em licitação pública.
Inquérito 1814 – Improbidade administrativa. Crimes praticados por funcionários públicos contra.
Inquérito 2566 – Crimes de responsabilidade e contra lei licitações.
Inquérito 2542 – Prerrogativa de função. Investigação penal. Com parecer da Procuradoria Geral da República desde 27.06.2007 pela reautuação como ação penal.

Pernambuco

1) Armando Monteiro (PTB-PE)
Inquérito 2611 – Crime contra o sistema financeiro nacional.

2) Raul Jungmann (PPS-PE) – pré-candidato à prefeitura de Recife.
Inquérito 2531 – Crime contra a administração pública, peculato.

Piauí

1) Ciro Nogueira (PP-PI)
Inquérito 2613 – Crime eleitoral.

2) Júlio César (DEM-PI)
Inquérito 2239 – Crime contra a administração pública. Peculato.

3) Marcelo Castro (PMDB-PI) – pré-candidato à prefeitura de Teresina
Inquérito 2332 – Crime contra a honra e injúria.

4) Mão Santa (PMDB-PI)
Inquérito 2449 – Crime contra a administração pública. Peculato.
Inquérito 2613 – Crime eleitoral.

Rio Grande do Norte

1) Fábio Faria (PMN-RN)
Inquérito 2454 – Crime eleitoral.

2) Rogério Marinho (PSB-RN) – pré-candidato à prefeitura de Natal
Inquérito 2571 – Crime contra a administração pública.

3) Rosalba Ciarlini (DEM-RN)
Inquérito 2646 – Crime praticado por prefeito e crimes de responsabilidade. Tem parecer, do dia 13 de fevereiro deste ano, da Procuradoria Geral da República pelo recebimento da denúncia contra a senadora.

Rio Grande do Sul

1) Cezar Schirmer (PMDB-RS) – pré-candidato à prefeitura de Santa Maria
Inquérito 2533 – Crime eleitoral. Boca de urna.

2) Eliseu Padilha (PMDB-RS)
Inquérito 2097 – Natureza não informada.

3) Pompeo de Mattos (PDT-RS)
Inquérito 2485 – Natureza não informada.

4) Sérgio Moraes (PTB-RS) – pré-candidato à prefeitura de Santa Cruz do Sul
Ação Penal 416 – Crime de responsabilidade.
Ação Penal 448 – Crime de responsabilidade.
Ação Penal 447 – Crime de responsabilidade.

Rio de Janeiro

1) Edson Ezequiel (PMDB-RJ)
Inquérito 2300 - Crime contra a administração pública. Corrupção passiva e peculato.

2) Geraldo Pudim (PMDB-RJ) - pré-candidato à prefeitura de Campos
Foi vice-prefeito do município entre 2001 e 2004.
Inquérito 2601 - Crime eleitoral.
Inquérito 2704 - Crime eleitoral. Boca de urna.

3) Leandro Sampaio (PPS-RJ) – pré-candidato à prefeitura de Petrópolis
Ação Penal 419 - Crime de responsabilidade.
Ação Penal 442 - Crime ambiental.
Inquérito 2596 – Crime contra ordem tributária.

4) Nelson Bornier (PMDB-RJ) – pré-candidato à prefeitura de Nova Iguaçu (RJ)
Inquérito 2137 - Crime contra a administração pública e lavagem de dinheiro.
Inquérito 2168 - Crime contra a administração pública.
Inquérito 2177 - Crime contra a administração pública.
Inquérito 2675 - Crimes de responsabilidade e contra lei de licitações.

5) Solange Almeida (PMDB-RJ)
Inquérito 2664 - Crime de Responsabilidade.

6) Silvio Lopes (PSDB-RJ) – pré-candidato à prefeitura de Macaé
Inquérito 2641 - Crime de Responsabilidade.

Rondônia

1) Ernandes Amorim (PTB-RO)
Ação Penal 487 – Crime contra a Lei de Licitações.
Ação Penal 475 – Crime em atos administrativos e de fiscalização. Concessão e permissão de radiodifusão.
Ação Penal 418 – Crimes de responsabilidade e contra a Lei de Licitações.

2) Lindomar Garçon (PV-RO)
Ação Penal 462 – Crime contra a fé pública. Falsidade de documento público.

3) Mauro Nazif (PSB-RO)
Inquérito 2618 – Captação ilícita de votos ou corrupção eleitoral.

4) Natan Donadon (PMDB-RO)
Ação Penal 396 – Crime contra a administração pública. Peculato. Formação de quadrilha.
Inquérito 2494 – Crime eleitoral.

4) Expedito Júnior (PP-RO)
Inquérito (ainda sem número) determinado no dia 05.06.2008 pelo STF. Crime eleitoral (leia mais) http://congressoemfoco.ig.com.br/Ultimas.aspx?id=22661

5) Valdir Raupp (PMDB-RO)
Ação Penal 358 – Crimes contra a administração pública. Peculato.
Ação Penal 383 – Crime contra o sistema financeiro.
Inquérito 1990 – Crime eleitoral. Uso de documento falso.
Inquérito 2027 – Crime contra o sistema financeiro nacional.
Inquérito 2442 – Crime contra a administração pública. Desvio de verbas.

Roraima

1) Francisco Rodrigues (DEM-RR)
Inquérito 2250 – Crime contra a Lei de Licitações.
Inquérito 2459 – Crime administrativo em bens de domínio público. Ameaça e crimes praticados por particular contra a administração em geral.

2) Márcio Junqueira (DEM-RR) – pré-candidato à prefeitura de Boa Vista
Inquérito 2703 – Furto qualificado e estelionato.

3) Neudo Campos (PP-RR)
Ação Penal 468 – Quadrilha ou bando e peculato.
Ação Penal 456 – Crime contra a administração pública. Peculato. Ação reautuada pelo inquérito 2466.
Ação Penal 453 – Crime contra a administração pública. Peculato. Ação reautuada pelo inquérito 2465.
Ação Penal 485 – Crime contra a administração pública. Peculato. Ação reautuada pelo inquérito 2460.
Ação Penal 457 – Quadrilha ou bando e peculato. Ação reautuada pelo inquérito 2458.
Ação Penal 459 – Crime contra a administração pública. Peculato. Ação reautuada pelo inquérito 2457.
Ação Penal 452 – Crime contra a administração pública. Peculato. Ação reautuada pelo inquérito 2456.
Ação Penal (ainda sem número) derivada do Inquérito 2455. Crime contra a administração pública. Peculato.
Ação Penal (ainda sem número) derivada do Inquérito 2462. Crime contra a administração pública. Peculato.
Ação Penal (ainda sem número) derivada do Inquérito 2555. Crime contra a administração pública. Peculato.
Inquérito 2464 – Crime contra a administração pública. Peculato.
Inquérito 2489 – Crime contra a administração pública. Peculato.
Inquérito 2492 – Crime contra a administração pública. Peculato.
Inquérito 2627 – Crime contra a administração pública. Peculato
Inquérito 2647 – Crimes de Responsabilidade e contra a Lei de Licitações.
Inquérito 2715 – Captação ilícita de votos ou corrupção eleitoral.
Inquérito 2710 – Crimes contra a Lei de Licitações.

4) Urzeni Rocha (PSDB-RR)
Inquérito 2464 – Crime contra a administração pública. Peculato.
Inquérito 2489 – Crime contra a administração pública. Peculato.
Inquérito 2492 – Crime contra a administração pública. Peculato.
Inquérito 2649 – Crime contra o Sistema Nacional de Armas.
Inquérito 2617 – Captação ilícita de votos ou corrupção eleitoral.

5) Márcio Junqueira (DEM-RR)
Inquérito 2703 – Furto qualificado e estelionato.

6) Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR)
Inquérito 2595 – Contrabando ou descaminho.

7) Romero Jucá (PMDB-RR)
Inquérito 2663 – Crime Eleitoral. Captação ilícita de votos ou corrupção eleitoral.
Inquérito 2561 – Crimes contra a honra. Injúria.
Inquérito 2116 – Crime de responsabilidade, desvio de recursos em prefeitura. Tramita em segredo de justiça.

Santa Catarina

1) Décio Lima (PT-SC)
Inquérito 2713 – Improbidade administrativa. Emprego irregular de verbas ou rendas públicas e crime contra a Lei de Licitações.

2) Djalma Berger (PSB-SC) – pré-candidato à prefeitura de São José.
Inquérito 2640 – Crime ambiental.

3) Gervásio Silva (PSDB-SC)
Inquérito 2532 – Crime de trânsito. Homicídio culposo.

4) Nelson Goetten (PR-SC)
Ação Penal 479 – Crime de responsabilidade.
Ação Penal 466 – Crime de responsabilidade.

5) Neuto de Conto (PMDB-SC)
Ação Penal 429 – Crime contra o sistema financeiro nacional.

São Paulo

1) Abelardo Camarinha (PSB-SP)
Ação Penal 417 - Crime ambiental.
Ação Penal 441 - Crime de responsabilidade. Contratação sem licitação pública.
Ação Penal 478 - Crime eleitoral.
Ação Penal 482 - Crime eleitoral.
Inquérito 2503 - Crime de imprensa, calúnia e difamação.
Inquérito 2702 - Crime eleitoral - Protocolado pelo Ministério Público Federal em 09/04/2008.
Inquérito 2694 - Crime contra licitações.
Inquérito 2673 - Crimes de Imprensa.
Inquérito 2648 - Crime praticado por prefeito, crimes de responsabilidade e contra a lei de licitações.
Inquérito 2638 - Crimes contra a ordem tributária.
Inquérito 2624 - crime contra a paz pública - incêndio e crime de quadrilha ou bando.
Inquérito 2623 - Crime eleitoral.

2) Aline Correa (PP-SP)
Ação Penal 473 - Quadrilha ou bando, falsificação de documento público e crimes de "lavagem" de dinheiro.
Ação Cautelar 1839 - Indisponibilidade e seqüestro dos bens.

3) Antonio Palocci (PT-SP)
Inquérito 2443 - Processo penal. Apura denúncias de irregularidades na relação da Prefeitura Municipal de Ribeiro Preto (SP) com a empresa Leão & Leão. Natureza não informada.
Inquérito 2651 - Crimes de Responsabilidade.

4) Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP)
Inquérito 2597 - Prerrogativa de função.

5) Beto Mansur (PP-SP)
Inquérito 2496 - Crime contra a liberdade pessoal. Redução a condição análoga à de escravo.
Inquérito 2519 - Crime contra a administração pública.

6) Celso Russomanno (PP-SP)
Ação penal (ainda sem número) derivada do Inquérito 1645, aberta no dia 05.06.08. Crime eleitoral e falsidade ideológica.
Ação Penal 427 - Crime contra o patrimônio.
Inquérito 1926 - Crime contra a administração pública. Peculato.

7) Clodovil (PR-SP)
Ação Penal 463 - Crime ambiental.
Ação Penal 469 - Crime ambiental.
Ação Penal 437 - Crime ambiental.
Ação Penal 439 - Crime ambiental.
Ação Penal 424 - Crime de imprensa, injúria e difamação.
Inquérito 2544 - Não informado.

8) Doutor Nechar (PV-SP) - pré-candidato à prefeitura de Marília.
Inquérito 2620 - Crime contra a fé pública.

9) Emanuel Fernandes (PSDB-SP)
Inquérito 2588 - Crimes de responsabilidade e contra a lei de licitações.

10) Jilmar Tatto (PT-SP)
Inquérito 2716 - Crime contra lei de licitações.

11) João Paulo Cunha (PT-SP)
Ação Penal 470 - Convertido em réu quando o Supremo aceitou a denúncia contra os 40 acusados no caso mensalão. O deputado responderá por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e peculato.

12) Jorginho Maluly (DEM-SP)
Inquérito 2658 - Apropriação indébita previdenciária.

13) José Genoino (PT-SP)
Ação Penal 470 - É um dos 40 citados no inquérito que investiga o mensalão.
Convertido em réu, quando o Supremo aceitou a denúncia contra os 40 acusados no caso mensalão, o deputado responderá a ação penal por corrupção ativa e formação de quadrilha.

14) José Mentor (PT-SP)
Inquérito 2329 - Crime contra a administração pública. Corrupção passiva.

15) Júlio Semeghini (PSDB-SP)
Inquérito 2665 - Crime eleitoral

16) Márcio França (PSB-SP)
Inquérito 2516 - Crime de responsabilidade.
Inquérito 2708 - Apropriação indébita previdenciária.

17) Paulo Pereira da Silva (PDT-SP) – pré-candidato à prefeitura de São Paulo
Ação Penal 421 - Natureza não informada.
Inquérito 2725 - Natureza não informada.
O ministro Carlos Ayres Britto autorizou no dia 06/06/2008 a Polícia Federal e o Ministério Público Federal a investigarem a eventual participação do deputado no esquema desbaratado pela Operação Santa Tereza.

18) Paulo Maluf (PP-SP) - pré-candidato à prefeitura de São Paulo
Foi prefeito nomeado (entre 1969 e 1971) e eleito (entre 1993 e 1996) de São Paulo.
Ação Penal 458 – Crimes de responsabilidade.
Ação Penal 461 – Crimes contra o sistema financeiro nacional (em segredo de justiça).
Ação Penal 477 – Crimes contra o sistema financeiro nacional.
Inquérito 2471 – Crimes contra o sistema financeiro nacional.

19) Renato Amary (PSDB-SP)
Inquérito 2723 – Crimes praticados por funcionários públicos contra a administração em geral. Despacho dado pelo relator, ministro Carlos Ayres Britto, no dia 03.06.2008.

20) Valdemar Costa Neto (PR-SP)
Ação Penal 470 - Quadrilha ou bando, crimes contra a administração pública e crimes de "lavagem" de dinheiro. (mensalão).
Inquérito 2510 – não informado .

21) Vadão Gomes (PP-SP)
Ação Penal 364 - Crime contra a administração pública.
Inquérito 2305 - Crime contra a ordem tributária.

Sergipe

1) Jackson Barreto (PMDB-SE) - pré-candidato à prefeitura de Aracaju (SE).
Foi prefeito de Aracaju por duas vezes (1986/1989 e 1993/1994).
Ação Penal 357 – Crime contra a administração pública. Peculato.
Ação Penal 372 – Crime contra a administração pública.
Ação Penal 376 – Crime contra a administração pública.
Ação Penal 377 – Crime contra a administração pública. Peculato.
Ação Penal 431 – Crime contra a administração pública.
Ação Penal 488 – Crime contra a administração pública. Peculato.
Inquérito 2629 – Crime eleitoral. Boca de urna.
Inquérito 2247 – Calúnia e injúria.

2) Jerônimo Reis (DEM-SE)
Inquérito 2614 – Crimes de responsabilidade e crimes contra a Lei de Licitações.

3) Antônio Carlos Valadares (PSB-SE)
Inquérito 2629 – Crime eleitoral. Boca de urna.

Tocantins

1) Eduardo Gomes (PSDB-TO) – pré-candidato à prefeitura de Palmas. Deputado licenciado.
Inquérito 2445 – Crime contra a administração pública.

2) Lázaro Botelho (PP-TO)
Ação Penal 472 – Crime eleitoral, calúnia e difamação.

3) Moisés Avelino (PMDB-TO)
Ação Penal 428 – Calúnia, injúria e difamação.

4) Osvaldo Reis (PMDB-TO)
Inquérito 2274 – Crime contra a ordem tributária.

5) João Ribeiro (PR-TO)
Ação Penal 399 – Crime contra a administração pública, peculato.
Inquérito 2274 – Crime contra a ordem tributária.
Inquérito 2131 – Crime contra a liberdade pessoal, redução à condição análoga de escravo. No caso desse inquérito, já está no Supremo um parecer da Procuradoria-Geral da República (PGR) pelo recebimento da denúncia.

6) Leomar Quintanilha (PMDB-TO)
Inquérito 2274 – Crime contra a ordem tributária.

POR ACASO O SEU CANDIDATO ESTÁ INTEGRANDO ESSA QUADRILHA? SE ESTÁ, FIQUE DE OLHO NELE!!!

29 comentários:

  1. Se fosse en um lugar que houvese justiça,todos já estarião PRESOS.
    Mais qui é raposa jugando raposa.

    ResponderExcluir
  2. É uma enshurrada de negocios sujos que envergonha o povo brasileiro. Parece que há uma atracao irresitivel deste governo para as pessoas desonestas. Vide o numero de ministros incompetentes em pastas tecnicas que deveriam ser ocupadas por pessoas no miinimo honestas.

    ResponderExcluir
  3. Não temos como acreditar num país em que tantos senadores e deputados estão envolvidos em diversos crimes e que continuam no poder. É preciso rasgar a constituição e colocar no paredão todos esses ladrões.Os primeiros a irem para a vala seriam: Sarney, Renan, Jader Barbalho, Collor, Wellengton Salgado e O "líder" Lula o filho do diabo.

    ResponderExcluir
  4. PQP, FDP manda tudo para o paredão, ainda tem uma tapu FDP querendo ser presidente do brasil com passagem pela policia robo á banco mentirosa sem carater falsa...
    Bom, este é o Brasil povo severgonha...

    Espero que a maioria do povo coloque a mão na consiencia...

    Ary /SP

    ResponderExcluir
  5. Onde estão os do PSDB.que estão mamando a grana do pedágio do estado de São Paulo,
    onde foi parar o dinheiro das privatições do Fernando Henrique, que vendeu o Pais e ficou com a grana.

    ResponderExcluir
  6. No RS é preciso tirar o Eliseu Padilha da lista, já que o mesmo foi assassinado no mes de março.
    Abraços,
    Janeisa

    ResponderExcluir
  7. Faltam alguns, mais já vale a divulgação.
    Abraços forte

    ResponderExcluir
  8. Belo trabalho.
    Parabéns e um abraço.

    ResponderExcluir
  9. Se eu pudesse nem no local de votação eu iria, que é para não perder meu tempo gastando sola de sapato pra votar nestes bandidos, mas graças a Deus eu não votei em nenhum destes safados porque eu votei em branco.

    ResponderExcluir
  10. Pode ser que faltem alguns, e ainda tem uns que pensam que Deus não esta vendo tudo, mesmo quando o homem por si só não consiga ver, será que uma pessoa assim consegue dormir direito, pois penso que o pior (ou para os Bons o melhor)Juiz é a consciência humana...

    ResponderExcluir
  11. Concordo com a pessoa ai de cima. Cada um faz sua parte, que o retorno, ou bom ou mal virá com certeza.

    ResponderExcluir
  12. Gostei muito da reportagem , mas ainda falta muito corrupto e ladrao , precisamos de reforma eleitoral , corruptos nao podem concorre a cargos publicos, eles dao sorte que estao no brasil , se fosse aqui em EUA estariam todos na prisao , como Paulo Maluf que a justica de new york o condenou e colocou o nome dele na INTERPOL agora ele nao pode sair do brasil se sair e preso , mais isso e vergonhoso para o Brasil esperar que outro pais puna os seus politicos corruptos.
    Parabens pela reportagem continue assim denuciando esses parasitas que explora o nosso povo.

    ResponderExcluir
  13. Como pode essas pessoas c/ tantos processos ainda estarem na politica eu não entendo que palhaçada e essa, essas pessoas tem que ser tirada da política não terem mais o direito de se candidatar isso é um absurdo.

    ResponderExcluir
  14. Como disse Degoule, este não é um pais serio, como tambem as pessoas que elegem estes politicos corruptos. Santana

    ResponderExcluir
  15. Renato dise: Eu não voto nesses e em nenhum outro. O Povo deveria ficar sem votar para que os politicos saibam que estamos cansados de tanta safadeza. Precisamos mudar o Brasil pelo não voto.

    ResponderExcluir
  16. Como podemos fazer para incluir os nossos amigos/politicos corruptos de nossa regiao, sao muitos hein ja voo avisando.Pirapora,MG

    ResponderExcluir
  17. PRECISAMOS NOS UNIR!
    Este é um movimento que têm como objetivo zerar as urnas nas próximas eleições.
    Saiba mais em: www.franciscoarquimedes.zip.net

    ResponderExcluir
  18. vamos tentar nos unir para,pedir ajuda aos países de primeiro mundo para que eles tomem como responsáveis a liderança dos irresponsavelmente que são os governantes do brasil. pelo AMOOOOOOOOOOR DE Deus vamos pedir o ipitimam dos frequentadores ,que são 99% dos politicos em brasilia,inclusive da presidente,que aceita essa lavagem aseda.

    ResponderExcluir
  19. E o safado do Serra? Não está no topo da lista por quê? Ele e sua corja de parentes e amigos já enriqueceram com dinheiro público que estão no exterior, nas Ilhas Virgens Britânicas. Quando tudo isso será divulgado? Ah é, ele e outros corruptos do PSDB estão protegidos pela grande imprensa, também corrupta, claro! Ainda que leve dezenas de anos todos cairão, é só aguardar. Aproveitem e curtam bastante a vida, pois quando ela vier cobrar seus débitos, estejam preparados para devolver em dobro o que surrupiaram. E se não restar mais "um dólar furado", ela lhes cobrará de outro jeito, ainda pior. Cuidado! a lei do retorno é implacável, e não perdoa a ninguém.

    ResponderExcluir
  20. E os que fazem parte da "Privataria Tucana" ? Esses estão imunes a qualquer penalidade. Eu me pergunto por que motivo há tantos advogados, juizes , desembargadores e outros homens que deveriam cumprir a lei, agindo de maneira tão desonesta a ponto de "ignorarem" a violência contra o patrimônio público. "Que país é esse?"

    ResponderExcluir
  21. Faltam ainda o casal Garotinho Condenados!!

    ResponderExcluir
  22. quando vamos ver alguns desse policos na cadeia

    ResponderExcluir
  23. Pessoal temos que se organizar,saiu os corruptos do PSDB, e entrou os traidores do PT,entao so depende da gente,mudarmos de sigra e banir,PT,PMDB,PSDB E OS DEM.Que foram covades, com os aposentados e os trabalhadores
    deste peis.

    ResponderExcluir
  24. Meus caros amigos só me sinto feliz por saber que políticos morrem, graças a Deus.

    ResponderExcluir
  25. Nossos parlamentares são "pra lamentar" mesmo. Eu tenho vergonha de ser brasileiro e ter que assistir a essa peça teatral infindável no meus país e não ter nenhum meio para mudar a situação. Nesse país, o sujo aponta o mal lavado, o rasgado fala mal do remendado, a imprensa ganha com isso, os Datenas da vida enriquecem-se com tudo isso, e nós, os otários, assistimos a tudo e temos as mãos atadas. Se a imprensa, que hoje é uma grande aliada da sociedade brasileira quisesse, nós, os otários, teríamos meios de mudar os rumos desse país. Mas é óbvio, que num país onde cada qual puxa a sardinha para a sua brasa, isso é impossível. É um bando de ladrões, hipócritas, egoístas, enfim é a proximidade do fim dos tempos como diz a BIBLIA.
    ZEZO ARAN

    ResponderExcluir
  26. olá, tudo bem? gostaria de saber quais são suas fontes de pesquisas, procuro na internet coisas sobre alguns desses candidatos e não encontro nada, no caso eu gostaria de mais informações sobre os processos de Tonha Magalhães da Bahia.
    Desde já agradeço

    ResponderExcluir
  27. EU NÃO VI OS CANDIDATOS A PREFEITURA DE DUQUE DE CAXIAS NA LISTA!!! SERÁ QUE TÃO NA CADEIA JÁ KKK??? , DUVIDO, É MAIS FÁCIL TER LIBERADO UM DIM,DIM NÉ, PRA ENTRAR NA LISTA, KKK. PAU NELES TAMBÉM UÉ!!!

    ResponderExcluir
  28. E um absurdo como podem estar no poder?devemos mobilizar cada cidadao fiscalize seus politicos''.sou do para e o jader roubou e nunca pagou'',e ainda seu filho si elegeu''.e duciomar desviou 3 milhoes do cofre publico.

    ResponderExcluir